Quem é este aprendiz de Jedi que vos fala?

Olá. Meu nome é Victor Monteiro, mas as pessoas só me chamam de vics (que eu estilizo em letras minúsculas), daí a adoção do apelido em todas as minhas redes sociais e na vida de forma geral, rs.

Essa parte do blog possui três seções: a pessoa, o blog e projetos.

 

Tenho 21 anos, estou no último ano de Jornalismo, sou um geek declarado, meu signo é Virgem, amo dançar e faço #underwearsessions no Snapchat, não sei cantar, falo inglês, me sinto um norte-americano tentando falar espanhol, amo de viajar, sou viciado em design, coleciono, minha palavra favorita é aesthetic (estética, em português), compro água de R$12 por conta da embalagem, vou ao cinema toda semana, escrevo cartas pelo menos uma vez por semestre, faço todas as artes do blog, já fiz customização de blog, detesto pipoca, amo lasanha, não vivo sem chocolate, estou escrevendo um livro. Há mais algo que você queira saber?


Passo uma grande parte do meu tempo livre ouvindo música; vendo filmes, seja em casa ou no cinema; e, principalmente, assistindo aos mais diferentes estilos de séries norte-americanas, britânicas e/ou canadenses (e uma ou outra brasileira).

Tenho quase uma centena de livros em casa (em grande maioria ficção e aventura), e quase duas centenas de revistas de entretenimento e design. Ainda há uma coleção em construção de CDs, DVDs de filmes e shows, box de séries, e vários colecionáveis. Tudo em um belo trio de prateleiras muito bem organizados, divididos e arrumados.

Amo a música pop, sempre estou escutando R&B, alternando entre o hip-hop, o rap, o alternativo, o a capella. Aumento o volume da caixa de som pelo menos duas vezes por semana, canto gritando numa voz horrível e danço, com a luz desligada e os pisca-piscas ligados.

Assisto todos os tipos de filme, menos terror e suspenses puxados pro terror. Consigo idolatrar as franquias Harry Potter, O Senhor dos Anéis e Planeta dos Macacos, ao mesmo tempo em que sou viciado em/e amo Transformers e Velozes & Furiosos.

Vejo muitas séries durante o ano. Muitas mesmo. Na última lista que eu fiz, haviam mais de 80. Não é tudo de uma vez, vale lembra. É ao longo do ano. É Grey’s Anatomy, Once Upon a Time, Doctor Who, This is Us, Game of Thrones, The Mindy Project, Empire, Mom, Bones, Modern Family, Gotham, Lucifer, Gracie & Frankie, Supergirl, MARVEL’s Agents of S.H.I.E.L.D., RuPaul’s Drag Race, Teen Wolf, Superstore, The X Factor, e é série que não acaba mais!

Particularmente, não leio quadrinhos, mas amo desenhos e filmes vindo deles. Não sou de extremos, então curto tanto DC quanto Marvel. Vivo pela Liga da Justiça e os X-Men. Quanto mais Universo Estendido, melhor. Você provavelmente odeia, mas Batman vs Superman foi sensacional; assisti duas vezes no cinema, e a versão estendida em casa. Você ama, eu também, e não tem como negar que Capitão América: Guerra Civil é incrível. Vem Guerra Infinita! Vem Liga da Justiça! Vem Mulher-Maravilha!!!111!!11!!1!!!!11!!

Parei no Playstation, e tenho um Wii em casa de uma época que o negócio ainda tava sendo lançado. Minha irmã tem um PS3, mas eu só jogo LEGO Batman 3: Além de Gotham, porque sou desses. A verdade é que estagnei nos clássicos: Super Mario Bros., Donkey Kong, Crash, Bomberman

Adoro jogos de montar, e você vai sempre me ver jogando SimCity. Uma vez ou outra também estarei com o Pokemon Go, tentando conseguir meu Charizard (tá muito difícil, tá?).  E sempre, sempre, que eu estou em grupo, jogando Heads Up!.

Sou contra qualquer tipo de fanatismo, pro-LGBTQ+, pro-feminismo, pro liberdade de expressão e de escolha! Não consigo entender toda essa coisa de ser 100% parte de um único pensamento, sem excessões, sem mente aberta, sem respeito. Sou a favor da diversidade e da igualdade de direitos.

Não sou muito crédulo nesse papo de astrologia, mas estou sempre ficando impressionado como as coisas as vezes se encaixam. Já fizeram meu mapa astral e spoiler: tudo faz sentido, e eu tô é muito ferrado.

De acordo com os testes do BuzzFeed, a personagem de série que mais me descreve é a Mindy Lahiri, de The Mindy Project. Já de acordo com o Pottermore eu faço parte da Lufa-Lufa (Hogwarts) e da Pukwudgie (Ilvermorny), e possuo uma varinha de 31,75 centímetros, ligeiramente flexível, feita de Cipreste (?) e com o núcleo de Fênix. Meu Patrono é uma Corça.

Tenho várias redes sociais, uma pra cada tipo de atividade, e uso todas. Eis elas:

twitter | facebook | instagram | last.fmtvshow time | tumblr | spotifyfilmow | skoob

É, acho que é isso aí. Peace and out. ✌️

 


Tenho blog há um bom tempo, mas foi oito anos atrás (em 2009, que nem tá aí do lado) que eu realmente comecei a minha “atividade”. Essa primeira experiência se chamava (ou ainda se chama, porque continua no ar) fireworkers (é, aquela música da Katy Perry), também estilizado em letras minúscula, do qual eu iniciei sozinho, mas acabei montando uma equipe, que no final contavam sete pessoas, contando comigo.

Dois anos depois e querendo atingir algo maior, decidi dar o “próximo passo” e iniciar algo que tivesse o gosto de ser realmente meu, pondo em prática o que gosto de chamar de Fase 2. Achei um novo nome para seguir em frente e o registrei, trabalhando durante (mais de) um ano pra conseguir colocar o blog/site no ar, lidando com problemas atrás de problemas. Esse foi o WATSUP, agora estilizado todo em letras maiúsculas, que durou apenas seis meses, depois de todo mundo seguir caminhos diferentes e ficar impossível para gerenciar um projeto grande sozinho.

Passei um tempo à deriva, até decidir fazer algo mais meu, escrito e desenvolvido apenas por mim, de acordo com a minha visão sobre as coisas. Escrevendo assim até parece uma coisa narcisista, rs, mas foi como surgiu o que hoje eu chamo de Fase 3, o vics | temumblog. Também estilizado todo em letras minúsculas (vejo um padrão?) e sem espaços, agora o nome conta com uma “parede” entre o vics e o resto do título para marcar o início da versão #2 do blog.

Sou uma pessoa muito complexada e perfeccionista, como um bom virginiano deve ser, o que acaba dando um delay ainda maior nas coisas que eu escrevo para blogar. É tanto detalhe mínimo e preocupação com a estética que fica difícil até mesmo pra mim, ser eu.

Gosto muito do que eu faço e sei que é isso que quero continuar fazendo. É uma relação de amor tamanha que eu não pretendo terminá-la tão cedo.

É.

 


Geração Cultura: Com uma vontade de devolver a vida ao WATSUP, um amigo e companheiro de blog começou um alistamento criativo que acabou resultando no Geração Cultura. Comigo como braço direito, desenvolvemos um blog que vai falar de entretenimento, trazendo indicações, listas e opinando, criando um conteúdo mais próprio e menos noticiário. Faço parte da equipe como uma espécie de editor-chefe e faz-tudo, publicando uma ideia ou outra sempre que possível. Hoje, infelizmente, ele foi tirado do ar.

QuaseTudo: Blogs sempre foram uma paixão minha e em um curso de Jornalismo, você sempre encontra pessoas que compartilham dos seus amores. E foi assim que eu conheci o João, praticamente. Numa tentativa de recrutar ele para o Geração (falha, inclusive, rs), começamos a conversar sobre blogs e ele me contou o interesse em ter um. Prontamente, comecei a ajuda-lo a desenvolver esse projeto, que rapidamente se ergueu. Agora o QT tá no ar, e eu não só estou ajudando ele na parte técnica (estou aceitando contratações, inclusive!), como talvez é possível que um dia estarei com algumas colaborações por lá. Só ficar de orelha em pé, pequeno Padawan!

Portfólio: Como eu faço muito mais do que só escrever pro meu blog, criei um Portfólio pra me dar um falso status de que sou uma pessoa muito safa e web-design e pacote Adobe.

Uma moeda pelos seus pensamentos 👇

Seu email não será publicado. Caixas marcadas com *